• Carregando...

ChinaeHong Kong vivem uma relação complicada e explosiva. A ex-colônia britânica abriga um dos maiores centros comerciais e financeiros do mundo, mas funciona como uma região administrativa especial do governo chinês, que é socialista. Teoricamente, a cidade pode manter seu estilo de vida capitalista (com direitos democráticos inexistentes na China continental) até 2047. Mas o medo da perda de direitos, catapultado por um polêmico projeto de lei, levou a população às ruas para protestar a influência dos chineses na administração local. Veja, nesta edição do Gazeta Explica, como começaram as manifestações em Hong Kong e quais os riscos dessa crise.

Créditos

Apresentação|Raquel Derevecki|Edição|Alison Martins|Áudio e Imagens|Lucas Lencin|Arte|Giordano Chamone|Produção|Laura Mingoti|Pesquisa|Fernando Rudnick e Jenifer Ribeiro|Roteiro|Fernando Rudnick|Supervisão|Rodrigo Fernandes

4COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]