• Carregando...

Nir Oz foi um dos kibbutzim (condomínios socialistas de Israel) atacados por terroristas do grupo palestino Hamas em 7/10/23. Cristina Graeml segue a cobertura de guerra, mostrando a situação no país, mais de 70 dias após o ataque que deixou 1300 mortos e 242 sequestrados. Este vídeo mostra como ficou o kibbutz, situado a menos de dois quilômetros de Gaza. Só neste local mais de 100 judeus foram mortos metralhados ou queimados, mulheres foram estupradas antes de serem assassinadas, muitas em frente a seus maridos e filhos. Foi o maior e mais violento ataque desde 1948, ano de criação do Estado de Israel. Neste mesmo dia 7 de outubro os terroristas invadiram outros kibbutzim e metralharam e sequestraram jovens num festival de música eletrônica. Israel calcula que, em menos de 12 horas, 6 mil mísseis tenham sido lançados pelos palestinos do Hamas contra o país. que se defendeu interceptando os mísseis no ar e atacando o país vizinho, em busca dos reféns. 129 seguem em poder dos terroristas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]